Os números apresentados se referem exclusivamente à quantidade de cadastramentos registrados para aquele município. Não podem ser considerados como quantidade de usuários do SUS para aquele local devido ao fato de que alguns municípios:

Usam sistemas próprios e cadastram sem consultar a base anterior ou a base nacional, podendo cadastrar um usuário mais de uma vez ou cadastrar usuário de outro município como sendo dele;

  • Não transmitem nem recebem regularmente os dados dos seus cadastros, fazendo com que usuários que tenham mudado continuem constando no seu município;
  • Apesar de utilizarem os aplicativos CADSUS, em alguns momentos não fizeram consulta à base nacional para verificar se o usuário já estava cadastrado ou realizaram procedimentos de cadastramento diferente do recomendado;
  • Que possuem excelência nos serviços costumam receber usuários de outros locais que, por receio de terem o atendimento recusado, se cadastram novamente utilizando-se de endereços de terceiros; etc.

O Ministério da Saúde está realizando um trabalho de identificação de unicidades, vinculando todos os cadastramentos de um único usuário. Esse trabalho encontra-se em andamento e, devido à sua complexidade e as possibilidades existentes, os resultados iniciais estão planejados para outubro de 2009. Mesmo assim, é essencial que, antes de proceder ao cadastramento de um usuário, exista uma consulta nas bases de dados para garantir que ele não esteja ainda no cadastro.

Assim, não recomendamos o uso dessa informação para quantificações de usuários do SUS daquele município, sendo sim um indicativo da cobertura do cadastramento em relação aos índices de população do IBGE.